MBA e Pós-graduação internacional?

Se você está pensando em dar um próximo passo em sua carreira, muito provavelmente já deve ter se perguntado qual a diferença entre um MBA e uma Pós-graduação e o que vale mais a pena para você. Mas não se sinta só. Na verdade, há muita gente que ainda tem dúvidas sobre esses programas e não sabe diferenciar as vantagens que cada um pode proporcionar na hora de dar um upgrade no currículo.

 

Aliás, nós sabemos que não é uma escolha fácil. Tudo vai depender do que você está fazendo nesse momento e qual posição deseja alcançar. Por isso é muito importante conhecer e entender sobre cada um deles, afinal, estamos falando de algo que pode mudar a sua carreira, não é mesmo?

Coisas que você precisa saber antes de fazer uma escolha:

Antes de mais nada, é preciso esclarecer que existem diferentes tipos de cursos de MBA e pós-graduação, e cada um é voltado para um público específico. Por isso, fazer a escolha certa requer de você reconhecer seus interesses, identificar seus objetivos, buscar informações sobre o mercado e sobre o setor e área de atuação.

 

Vale até mesmo pesquisar a faixa salarial e comparar as ofertas de qualificação e remuneração dos cargos desejados. Tudo isso te ajudará a traçar um planejamento de carreira, tendo em mente com clareza, aonde deseja chegar e em quanto tempo.

 

Outra coisa que você também precisa saber é que tudo isso exigirá de você tempo, investimento financeiro e dedicação, mas o retorno e conhecimento que você terá será bem maior. Por isso, dedique-se a essa fase de pesquisa, afinal ela é ponto de partida de todo o seu planejamento. Estamos combinados? Então está bem!

Afinal, o que é uma pós-graduação?

Para falar sobre essa modalidade, é preciso entender que existem diversos tipos de pós-graduação internacional, e que nem todas elas são mestrados ou stricto sensu), já que existem outros cursos como especialização, mestrado acadêmico e o próprio MBA.

 

Além disso, você também deve procurar saber sobre o reconhecimento do curso e validação do diploma no Brasil, caso você deseje ou precise retornar após o período de estudos no exterior. Acredite, saber dessas coisas pode evitar uma grande frustração no momento da volta.

 

Sem mais delongas, geralmente os programas de pós-graduação no Brasil são cursos com carga horária mínima de 360h/aula, que pode variar entre 1 e 4 anos de duração, dependendo da grade horária e das disciplinas ofertadas. As aulas, geralmente, são lecionadas em dois dias da semana e, em alguns casos e períodos, também podem acontecer aos sábados.

São indicados estudantes que buscam aprofundar o conhecimento adquirido ao longo da graduação e que estão buscando especializar-se em alguma área.

Além de melhorar o currículo, a pós-graduação possibilita que você se aprofunde em temas vistos ao longo da graduação, tornando-o um profissional mais capacitado para o mercado de trabalho.

É importante estar atento à existência de duas modalidades de pós-graduação: a stricto sensu e a lato sensu. Cada uma apresenta peculiaridades que definiremos a seguir.

E a pós-graduação internacional?

A pós-graduação internacional traz uma vantagem ainda maior porque representa um diferencial que poucas pessoas possuem no currículo. Ela representa como e onde você obteve seu título, e claro, o impacto positivo que teve em suas experiências e vivência internacional, e isso vai além do diploma, pois mostra que o profissional é mais qualificado e experiente, e podem te trazer muitos os benefícios como:

 

  • Mais qualidade de ensino
  • Destaque do currículo
  • Ampliação de networking
  • Novas perspectivas de carreira
  • Vivência internacional

você precisa ter em mente que você vai ter que, para aproveitar o curso, você precisa

Além disso, estudar no exterior com certeza vai ajudar na sua fluência, mas exigirá de você outras responsabilidades também, como por exemplo participar ativamente de todas as aulas, ler artigos e escrever dissertações no idioma do curso frequentemente. Assim você conseguirá aproveitar o curso em sua totalidade e aprender muito mais. Saiba que  o objetivo principal da pós-graduação no exterior não é melhorar o seu inglês ou qualquer outro idioma e fluência, mas sim melhorar trazer conhecimento que melhorem suas habilidades profissionais e te proporcione uma especialização que te diferencie no mercado.

Agora que você já sabe quais são as principais características da pós-graduação internacional, vamos falar do MBA no exterior.

O que é um MBA e qual a vantagem de cursar no exterior?

Podemos dizer que o Master in Business Administration, ou “Mestre em Negócios e Administração”, é um curso de especialização que visa, especialmente, o aperfeiçoamento na área de Business (negócios) e gestão empresarial.

É indicado, geralmente, para aqueles profissionais que possuem mais tempo de experiência profissional, especialmente aos que já assumiram ou estão exercendo algum cargo de gerência. São profissionais com forte perfil de liderança e gestores com a carreira consolidada, que, a essa altura, estão buscando qualificação profissional para assumir posições maiores e ainda mais importantes na carreira.

O MBA desenvolve habilidades de liderança organizacional e forma executivos para terem capacidade de atuar como grandes gestores em qualquer empresa. Fora do Brasil, ao se formar o aluno recebe título equivalente ao de mestre em administração de empresas.

Além dos títulos, o MBA possibilita maiores chances de promoção, além de ampliar a sua rede de networking, permitindo a troca de conhecimento, informações, indicações e sobretudo, vivência internacional.

MBA no Brasil

No Brasil, o MBA tem duração média de um ano e meio a dois anos, dependendo da escola. O investimento do curso pode variar entre R$ 30.000 a R$ 60.000 em sua totalidade e geralmente resulta num diploma de reconhecimento nacional para cargos de média gerência. Sobre a concorrência, algumas empresas mais rigorosas pedem pedem currículo, carta de recomendação, teste de lógica e de inglês, mas no geral é mínima. Geralmente contemplam alunos brasileiros de diferentes perfis profissionais entre 25 e 40 anos.

MBA nos Estados Unidos e na Europa

Os cursos de MBA têm duração média de 1 a 2 anos em tempo integral e o custo de investimento pode chegar a 180.000 dólares, em média, fora as despesas pessoais como moradia, alimentação, saúde etc. Proporciona reconhecimento internacional para cargos de média e alta gerência e neste caso, a seleção costuma ser criteriosa. São exigidas provas de raciocínio como O GMAT e o GRE, além do exame de proficiência em Inglês como TOEFL OU IELTS e ainda cartas de recomendação e Essays. Contempla alunos de diferentes nacionalidades, geralmente com idade entre 22 e 35 anos.

Mas afinal, precisa saber inglês para estudar no exterior?

Sinceramente? Sim. Se você quer estudar no exterior, saber se comunicar em inglês é fundamental, isso porque a maioria dos cursos no exterior, tanto de MBA, quanto de pós-graduação, são ministrados na língua inglesa. Mas não se frustre. Antes de cancelar as expectativas, procure saber se o curso que você deseja é realmente lecionado em inglês ou não. Mas saiba que a grande maioria dos processos seletivos requerem certificados que comprovem que você tem proficiência no idioma em que o curso será ministrado.

Dependendo do país no qual você deseja estudar, você precisará comprovar proficiência em inglês por meio de algum certificado para fazer sua pós-graduação ou MBA no exterior. Saiba quais sãos as certificações mais aceitas pelas universidades estrangeiras:

IELTS (International English Language Testing System)

O IELTS é uma prova de inglês administrada por diversas organizações diferentes, como o British Council, o IDP: IELTS Austrália e a Cambridge Assessment English. Geralmente ela é solicitada por programas do Reino Unido, Austrália e outros países fora da América.

Aqui no Brasil, o IELTS é aplicado pelo British Council, que disponibiliza a prova em 14 cidades brasileiras:

  • Belo Horizonte
  • Brasília
  • Campinas
  • Campo Grande
  • Curitiba
  • Fortaleza,
  • Londrina,
  • Manaus
  • Natal
  • Porto Alegre
  • Recife
  • Rio de Janeiro,
  • Salvador
  • São Paulo

 

Para ter acesso às datas e locais em que as provas serão realizadas, acesse a página da British Council Brasil clicando neste link. No site, você conseguirá visualizar e se programar para as datas mais próximas  de acordo com cada cidade.

TOEFL (Test of English as a Foreign Language)

O TOEFL ou “Teste de Inglês como uma Língua Estrangeira” é um exame criado e aplicado pela ETS (Educational Testing Service), que avalia o potencial individual de uma pessoa de falar e entender a língua inglesa em nível acadêmico. É uma das provas de língua inglesa mais solicitadas pelas universidades estrangeiras. A nota do TOEFL é válida por apenas dois anos e após esse prazo é necessário refazer a prova para validar o conhecimento do idioma. 

A prova é aplicada aqui no Brasil pela própria ETS, em parceria com outras escolas ou instituições de ensino, e geralmente sua realização acontece em datas e locais específicos.  Por isso é bom ficar atento a essas datas para não prejudicar o seu planejamento. Aliás, você pode conferir essas informações clicando neste link!

GMAT (Graduate Management Admission Test)

O GMAT é uma prova de admissão exigida pela maioria das business schools nos Estados Unidos e também na Europa. São aproximadamente mais de 1.500 programas de MBA em mais de 80 países que utilizam as notas do GMAT como uma das etapas de seleção de seus processos de aprovação de candidatos.

Como o GMAT funciona?

A prova, ao contrário do que a maioria imagina, não testa nenhum conhecimento específico de negócios. Na verdade, o objetivo da prova é identificar se o candidato possui bom raciocínio lógico e capacidade de decisões racionais sob pressão.

 

O teste é dividido em 4 partes.

  • Analytical Writing Assessment (avaliação de escrita analítica): avalia a capacidade de pensar de forma crítica e comunicar ideias;
  • Integrated Reasoning (raciocínio integrado): avalia a capacidade de analisar dados e informações em diferentes formatos;
  • Quantitative Reasoning (raciocínio quantitativo): avalia a habilidade de analisar dados e tomar decisões por meio de métodos matemáticos;
  • Verbal Reasoning (raciocínio verbal): avalia a competência de ler e compreender textos, analisar materiais escritos e criar ou revisar textos no padrão gramatical inglês.

As notas do GMAT podem variar entre 200 e 800 pontos, mas é necessário atingir pelo menos 700 para ser aprovado.

 

GRE (Graduate Record Examination)

O GRE é um exame um tanto parecido com o GMAT, mas costuma ser mais específico para áreas como Biologia, matemática ou Literatura em geral. A prova GRE é realizada pelo computador em um local específico, geralmente um centro de aplicação e tem duração de 4 horas, ao todo.

 

O exame é realizado diversas vezes por mês em várias cidades do Brasil, e a inscrição pode ser realizada onlineclicando aqui, para a qual é necessário realizar o pagamento de uma taxa de 205,00 dólares.

 

 

O teste é dividido em três partes:

●      Verbal Reasoning (Raciocínio verbal): avalia a habilidade de analisar textos e sintetizar informações, sendo necessário relacionar palavras e conceitos. São, no total, 20 questões por 30 minutos de prova.

●      Quantitative Reasoning (Raciocínio quantitativo): avalia a habilidade de resolver problemas, como foco nos conceitos de aritmética, álgebra, geometria e análise de dados. São 35 minutos de prova para responder 20 questões.

  • Analytical Writing (Escrita Analítica): avalia, por meio de duas redações, o pensamento crítico, e a capacidade de articular e dar suporte a ideias complexas de forma clara e eficaz. São 30 minutos para elaborar as redações.

Já fui aprovado nos testes necessários, e agora?

Se você já foi aprovado nas provas de proficiência e atingiu o nível que o curso exige para realizar a sua inscrição, não perca tempo e capriche na sua aplicação. Não tenha medo! As universidades sabem que um estudante estrangeiro não chegará escrevendo academicamente como os alunos nativos.

 

Por isso, quase sempre, elas oferecem cursos de ‘academic writing’ entre outras habilidades necessárias para aprimorar sua fluência e permitir que você escreva tranquilamente no idioma do curso.

 

O importante é que você saiba expor com clareza os seus objetivos no momento da entrevista. Nós até já demos algumas dicas de como caprichar no aplicattion e garantir uma ótima entrevista com os recrutadores.

 

Se você gostou desse conteúdo, confira os outros artigos em nosso blog. Com certeza eles irão te ajudar na sua escolha. Faça também, uma consultoria gratuita e personalizada com a TotalPrep  e descubra qual o programa ideal para você, e como nós podemos te ajudar a alcançar o seu sonho de estudar no exterior.

Related posts