Como convencer um MBA a conceder uma bolsas de estudos

Estudar fora pode parecer muito complicado, ainda mais quando não se tem a preparação certa. O risco de o atalho levar para mais longe do objetivo é grande para quem escolhe opções mais “baratas”.

Altas mensalidades, taxas da universidade, deslocamento, alimentação, moradia e os demais custos de investimento, podem preocupar e até bloquear quem pensa em estudar fora do Brasil.

No entanto, todos os anos diversos bons candidatos conseguem ingressar nas melhores escolas de negócio do mundo apesar dos elevados custos e apesar das restrições financeiras com o auxílio que as próprias universidades concedem para quem realmente mostra o seu valor.

Se você já sabe em qual escola deseja estudar, o próximo passo é garantir a aprovação nos testes de admissão como o GMAT, (Graduate Management Admission Test), uma prova exigida pela maior parte das escolas de negócios nos Estados Unidos e na Europa.

Mais de 1.500 programas de MBA em mais de 80 países utilizam as notas do GMAT como uma etapa de seus processos de seleção de alunos.

Você também deve considerar o GPA (Grade Point Average), pois ele é o seu  histórico acadêmico/escolar e consiste em uma média geral de todas as matérias do High School nos Estados Unidos, ou do Ensino Médio aqui no Brasil, calculada dentro de uma escala que varia de 0 a 4 pontos.

Mas não se engane! Uma nota alta no GMAT por si só pode não ser o suficiente para convencer um comitê a conceder uma determinada bolsa de estudos.

Assim como as grandes escolas estão em busca de grandes candidatos, os potenciais candidatos estão em busca de grandes escolas.

E à medida que as instituições competem cada vez mais fortemente por candidatos que ajudarão a construir as composições desejadas para as classes de MBA, maior o espaço para se uma bolsa de estudos. No entanto, o retorno positivo pode depender também de fatores como antecedência da candidatura e do pedido de bolsa, disponibilidade do fundo de bolsas e ainda das experiências que o candidato traz em sua carreira, que devem se alinhar com o que a escola espera para compor uma boa classe.

Por isso, aqui vão algumas dicas que podem te ajudar a conseguir uma ótima bolsa de estudos no exterior da melhor maneira:

Liste as escolas que deseja ingressar

Criar sua lista de escolas que deseja ingressar pode te ajudar muito a descobrir porque se identifica com elas e como elas podem te ajudar a alcançar sua formação. Mas seja realista, pois o foco deve ser em você e não escola em si. Portanto, leve em consideração escolas onde você possa se destacar e que estejam mais alinhadas com os seus objetivos de carreira.

Pesquise sobre as escolas. Estude ou busque quem conheça o processo de admissão a fundo

Sessões de informação e blogs de programas podem conter pistas e até as conversas com os oficiais de admissão também podem ser reveladoras.

Observe se a escola está aberta a esse assunto, por exemplo, quando a escola diz: “Adoraríamos recebê-lo, se as finanças forem um problema, por favor nos avise”.

Mas caso você não consiga identificar essa abertura, considere conversar com a escola, mas tenha cuidado na sua abordagem. Nunca, jamais, em hipótese nenhuma aborde uma escola de negócios com um pires na mão e já falando sobre a necessidade de se ter uma bolsa.

Procure sempre mostrar o seu valor e como o seu perfil pode contribuir para a turma que está sendo selecionada e como você pode ajudar a escola a ganhar ainda mais reconhecimento por meio do seu potencial.

Aplicar com antecedência além de aumentar a probabilidade de se obter uma bolsa pelo fato de ainda se ter orçamento disponível, só mostra para uma escola de negócio o quão dedicado e planejado você esta para esse projeto.

Nem preciso dizer que organização, dedicação e planejamento são características de profissionais de sucesso, o que exatamente toda escola busca ter em suas turmas.

Seja verdadeiro

Em algumas escolas, os oficiais de admissão são muito abertos para negociar. Se você deseja ingressar em determinada instituição, mas não possui recursos financeiros suficientes para custear seus estudos, procure dialogar e contar suas limitações com transparência.

Mostrar o seu valor, falando de suas experiências e habilidades que o diferenciam e que podem agregar valor para a escola bem como dar motivos reais e concretos pelos quais a escola enxerga vantagens em investir em você ao lhe oferecer uma bolsa de estudos são essências para deixarem o caminho aberto para tornar uma eventual dificuldade financeira para trás em busca do MBA que vai alavancar a sua carreira e te ajudar rumo a uma maior liberdade financeira.

Seja verdadeiro e não tente tirar vantagem, pois as escolas analisam cuidadosamente seu currículo, cartas de recomendação, motivação etc. Isso significa que eles sabem tudo sobre você, logo, você precisa ser coerente ao tentar negociar uma bolsa de estudos.

Os candidatos devem sempre se lembrar que, em geral, não importa o quão bem pareçam no papel, as escolas receberão candidaturas igualmente impressionantes de muitas outras pessoas e as avaliarão também para o financiamento de bolsas de estudo.

Não seja exigente

Se você recebeu oferta de admissão em várias escolas com diferentes condições de ajuda financeira, avalie qual seja a melhor oportunidade para a sua carreira e procure a instituição para iniciar uma conversa na qual você possa expor o seu real apreço por ela e mostrar como a escola pode te ajudar a alcançar os seus objetivos e sonhos.

Porém, colocar uma escola de negócios contra a parede não é das ideias mais inteligentes. Pior ainda, demonstrar um comportamento desrespeitoso não irá te ajudar.

Há quem consiga uma bolsa de estudos de uma escola inferior e tente obter a mesma condição de uma outra escola onde tenha sido aprovado que seja mais bem ranqueada.

Isso pode jogar contra o candidato na medida em que mostra como a pessoa desconsidera outros fatores relevantes para a sua carreira além do valor cobrado para a sua própria educação.

Muitos candidatos acabam tratando as bolsas de estudos como se fossem quase uma oferta de emprego, mas é preciso considerar que são situações muito diferentes.

Se você deseja conseguir uma bolsa ou uma melhor condição, faça perguntas, tire dúvidas e inicie um diálogo. Explique a sua situação pode abrir uma porta para você compartilhar mais informações sobre você e por que você precisa de um recurso melhor. Uma maneira respeitosa pode ser a chave para um apelo bem-sucedido por assistência financeira.

Não exponha as condições de bolsa de uma escola para outra

Caso você queira negociar a sua oferta de admissão em determinada instituição, nunca mencione de forma específica o que está sendo oferecido por qual escola ou escolas concorrentes.

Os candidatos que assumem essa postura antiética na tentativa de colocar a escola “contra a parede” ao exigir melhores condições financeiras para uma bolsa de estudos podem ser facilmente eliminados da lista de possíveis bolsistas. As escolas podem se ofender e enxergar essa atitude como falta respeito e não reconhecimento da marca da instituição. Lembre-se que a conquista da bolsa não está ligada somente a um bom desempenho e que, embora as condições de ajuda financeira pareçam ter tudo a ver com números, a tomada de decisão de concessão da bolsa está diretamente ligada a pessoas, que muitas vezes não admitem a arrogância e o desrespeito.

Guarde esta dica!

Não procure uma bolsa de estudos apenas por questões financeiras. Foque em mostrar o seu potencial e mostrar à instituição porque você será um investimento positivo para ela, no sentido de contribuir com todos os seus conhecimentos, experiências e habilidades. Mostre que vale à pena investir em você.

Quer acertar na busca do programa que realmente vai mudar a sua carreira? Quer acertar na busca por oportunidade que permitam você estudar no exterior independente do quanto isso possa custar?

Vem ter a experiência de ser um aluno/a TOTALPrep e conta com a experiência, seriedade e profissionalismo da única consultoria Full Service em MBA/Master/PhD e Undergrad do Brasil!

Related posts